“A cada dia que passa, fica mais provável o acolhimento do processo de impeachment da presidente Dilma Roussef,” segundo o senador Dalírio Beber.“A crise política, moral e decadência gradativa da economia nacional mostram que a presidente e sua equipe de governo não tem mais credibilidade nem competência para qualquer recomeço por conta própria “, avaliou o tucano, que ao assumir não imaginava que estaria integrando um Legislativo que irá decidir o destino da atual presidente.