Os ministros Edinho Silva das Comunicações e Jacques Wagner da Casa Civil estavam incumbidos de fortalecer as estruturas políticas do governo. Atuavam com desenvoltura até serem alvejados pelo Lava Jato. Agora andam um tanto silenciosos. Lá no Planalto a cada operação Lava Jato fortalece a máxima de que o último apague a luz.