Uma das reclamações e alertas feita na reunião partiu do peemedebista Valdir Colatto cobrando mais qualidade do material utilizado nas manutenções das rodovias catarinenses. Chegou a afirmar que estão jogando dinheiro fora. A recuperação de rodovias ou operações tapa-buracos não suporta uma chuva forte. O parlamentar tem razão ao cobrar maior fiscalização nessas operações. Há uma certa omissão ou desleixo, que nos tempos atuais diante de tantas operações policiais movidas pela Justiça, permite levantar suspeitas. O Ministério dos Transportes garantiu que na próxima semana técnicos virão a Santa Catarina averiguar a situação e punir, se necessário, os que estiverem em desacordo com a qualidade dos serviços. A buraqueira virou tradição.