O Ministério Público, que foi alvo de fortes denúncias por parte do então deputado Jailson Lima, inclusive sendo investigada por meio de CPI, denunciou o ex-parlamentar do PT de estar recebendo sem exercer as funções de origem na Prefeitura de Rio do Sul. A Justiça acatou e determinou a cassação dos bens, que atingiu também o prefeito. Jailson quando perdeu as eleições pediu para não retornar no cargo de médico e sim de assessor da Secretaria Municipal da Saúde, mas recebi segundo o Ministério Público como se atuasse como médico. Certamente vai se defender para reverter essa sentença…