Em assembleia ontem foram registradas duas chapas para comandar a Unimed da Grande Florianópolis, já que a diretoria anterior renunciou, depois da pressão dos cooperados e da apresentação do resultado negativo de auditorias. As eleições foram marcadas para o dia 2 de maio. A chapa de oposição está sendo liderada pelo cardiologista Theo Bub e a chapa de situação pelo ortopedista Marcelo Ostrowsky. Não houve condições de uma chapa de consenso visando a recuperação e a reoxigenação da entidade. O que seria o ideal, ou seja, a união, e não a disputa, em torno do bem maior que é a cooperativa e seus associados. Mas de repente não teve nem interesse em participação na assembleia de ontem, onde estiveram apenas 10% dos cooperados.