“Estamos dialogando com os demais parlamentares e presidentes das comissões. É um projeto fruto de acordo e não há porque o Legislativo retardar sua aprovação.” Essa manifestação do deputado petista Dirceu Dresch aborda o projeto de reajuste do salário mínimo catarinense, que ele vem articulando para que seja votado nesta quarta feira. O reajuste desta vez alcança 11% para as quatro faixas salariais. Segundo Dresch a aprovação irá beneficiar cerca de um milhão de trabalhadores.