Uma liminar concedida pelo presidente do STF, Ricardo Lewandowsky colocou, mais uma vez, o tucano Clésio Salvaro no comando de Criciúma. Da vez passada a liminar que conquistou foi cassada pelo ministro Fux. Desta vez há indícios, devido a um caso semelhante no Rio de Janeiro, de que Salvaro poderá dar continuidade ao mandato tirando definitivamente o progressista Márcio Búrigo da prefeitura.