A volta do vereador Cesar Faria à Câmara via Justiça, que num de seus argumentos reconhece que é morosa, revela as brechas existentes alimentando um sentimento de impunidade. Faria esta buscando o que considera seus direitos, e já revelou em roda de amigos que pretende disputar a reeleição em outubro. E o maior empecilho não está nas acusações que o abalroaram com a operação Ave de Rapina, mas em casa. O veto é total.