“Aprovar a CPMF poderá ajudar a resolver o problema de saúde pública no país.” Quem disse isso foi a presidente Dilma, afirmando que não é apenas uma questão de equilíbrio fiscal. Tá bom. Vamos dormi com mais essa. Até porque a CPMF quando foi criada tinha exatamente essa prioridade, resolver o problema da saúde pública. Resolveu? Não. A CPMF será mais um imposto para o brasileiro carregar por conta de um governo perdulário e incompetente.