“Hoje em nosso país existem dois brasileiros. O brasileiro da previdência privada, e, o brasileiro da previdência pública.” Palavras do governador Raimundo Colombo, que exemplificou com um quadro estatístico onde em todo o sistema previdenciário do país existem 32,1 milhões de beneficiários com um déficit de R$ 56,7 bilhões. No sistema previdenciário da União, são 939 assistidos e o déficit é de R$ 66,8 bilhões. “É justo?” Concluiu Colombo.